_______________________________

sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Voz de Pelé

Não vou atender mais a nenhuma convocação da CBD e, na primeira oportunidade, abandonarei o futebol.” – Pelé, furioso com as declarações do deputado e chefe da delegação da CBD, após críticas violentíssimas que fez ao time brasileiro, formado por oito jogadores do Santos e impiedosamente goleado pela Bélgica por 5x1. Conhecido pelas suas gafes, nessa digressão Mendonça Falcão ainda chamou os belgas de belgicanos…” – jornal Última Hora, 29.05.1963

Voz de Torcedores: acredite se quiser... ou se conseguir...


Não, amigos, não são flamenguistas, são ideias e ortografias de… torcedores do Botafogo! Acredite se quiser… ou se conseguir… mas asseguro que fui eu que fiz a captura de tela diretamente da minha página de facebook… [um deles é… meu ‘amigo’!]

Nota: as zonas em negrito, as caixas vermelhas, as setas indicativas e as três frases em negrito são da minha autoria.

Glorioso Remo Multicampeão: o 'segredo' da auto-sustentabilidade


O Povo online / LANCE!Net

Diferente do que acontece no futebol, em que os jogadores estão convivendo com meses de salários atrasados, a crise financeira do Glorioso não afeta o remo, que está com os pagamentos dos seus atletas em dia. É o que garante Marcelo Murad, diretor técnico alvinegro da modalidade. O remo é motivo de felicidades para os botafoguenses este ano, já que o clube conquistou o bicampeonato brasileiro Sênior e Júnior e também faturou o bi estadual neste domingo. Segundo Murad, ter os salários em dia é um diferencial para todo o sucesso nas águas.

– No remo não afeta (questão financeira do Botafogo) porque nosso trabalho é todo focado em cima de projeto1. Então, o Botafogo, desde 2010, quando a gente aprovou o primeiro projeto incentivado, está tendo oportunidade de renovar a nossa flotilha, equipamentos e arcar com os custos dos atletas. O diferencial é esse, nós não pagamos muito para os atletas, mas pagamos em dia. Então nóstemos uma relação de confiança muito grande entre os atletas e a diretoria, e isso conspira para o sucesso – revelou o diretor.
. 
De acordo com Murad, o remo do Botafogo tem um projeto para que em 2015 possa arcar com todos os seus gastos.

– O Botafogo não gasta com o remo nada além da folha de pagamento. Para 2015, inclusive, o remo pode cobrir 100% dos custos com a reforma da sede, oferecendo como salão de festas para os associados que quiserem fazer festas, casamentos, aniversários. Com isso, a gente fatura e consegue a auto-suficiência integral – disse Marcelo Murad.

O diretor técnico de remo do Botafogo acredita que os títulos conquistados na modalidade podem motivar os jogadores do Botafogo para livrar o clube da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

– Eu espero que eles (jogadores) se motivem com esse título. A gente está mostrando que pode, mesmo que sem recurso. É possível a gente dar a virada. Espero que sirva de motivação para eles. Mas eu tenho certeza que eles estão fazendo o máximo que podem e confio muito que a gente vai conseguir sair dessa zona de risco e seguir na Série A. Eu confio muito nesses atletas e na equipe.

1 Lei de Incentivo ao Esporte em http://portal.esporte.gov.br/leiIncentivoEsporte/

Campeonato Estadual de Remo: todas as classificações

Imagem: Hugo Mirandela

O Campeonato Estadual de Remo encerrou-se com a vitória arrasadora do Botafogo, que se sagrou bicampeão estadual, obtendo 14 títulos (Campeão Estadual, Campeão do Troféu Eficiência, Campeão em 7 Categorias e Campeão em 5 Regatas) e 3 vices. O Flamengo secundou o Botafogo como campeão absoluto dos vices (13) e apenas 3 títulos (Campeão em 1 Categoria e Campeão em 2 Regatas), enquanto o Vasco da Gama arrecadou 2 títulos (Campeão em 2 Categorias).

Eis as classificações finais:

I REGATA
BOTAFOGO FR: 130 pontos
2º CR Flamengo: 107 pontos
3º CR Vasco da Gama: 30 pontos

II REGATA
BOTAFOGO FR: 125 pontos
2º CR Flamengo: 110 pontos
3º CR Vasco da Gama: 53 pontos

III REGATA
BOTAFOGO FR: 102 pontos
1º CR Flamengo: 102 pontos
3º CR Vasco da Gama: 35 pontos

IV REGATA
BOTAFOGO FR: 127 pontos
2º CR Flamengo: 120 pontos
3º CR Vasco da Gama: 31 pontos

V REGATA
BOTAFOGO FR: 172 pontos
2º CR Flamengo: 153 pontos
3º CR Vasco da Gama: 20 pontos

VI REGATA
1º CR Flamengo: 166 pontos
Botafogo FR: 162 pontos
3º CR Vasco da Gama: 19 pontos

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO CAMPEONATO ESTADUAL
BOTAFOGO FR: 818 pontos
2º CR Flamengo: 758 pontos
3º CR Vasco da Gama: 188 pontos
4º Escola Naval: 47 pontos
5º Rema Campos: 21 pontos

Categoria Júnior A
BOTAFOGO FR: 160 pontos
2º CR Flamengo: 82 pontos
3º CR Vasco da Gama: 36 pontos

Categoria Júnior B
BOTAFOGO FR: 60 pontos
2º CR Flamengo: 36 pontos
3º CR Vasco da Gama: 20 pontos

Categoria Peso Leve
BOTAFOGO FR: 112 pontos
2º CR Flamengo: 80 pontos
3º CR Loureiro: 8 pontos
3º Rema Campos: 8 pontos

Categoria Peso Leve Sub-23
BOTAFOGO FR: 60 pontos
2º CR Flamengo: 24 pontos

Categoria C. Aberta
BOTAFOGO FR: 104 pontos
2º CR Flamengo: 84 pontos
3º CR Loureiro: 12 pontos

Categoria Sub-23
BOTAFOGO FR: 112 pontos
2º CR Flamengo: 76 pontos
3º CR Vasco da Gama: 44 pontos

Categoria Aspirante
1º CR Vasco da Gama: 53 pontos
2º Escola Naval: 37 pontos
3º CR Flamengo: 30 pontos

Categoria Feminino
1º CR Flamengo: 346 pontos
Botafogo FR: 181 pontos
3º CR Vasco da Gama: 31 pontos

CATEGORIAS contando apenas para o Troféu Eficiência

Categoria Infantil
BOTAFOGO FR: 97 pontos
2º CR Flamengo: 86 pontos
3º CR Vasco da Gama: 15 pontos

Categoria Master
1º CR Vasco da Gama: 46 pontos
Botafogo FR: 33 pontos
3º CR Flamengo: 31 pontos

TROFÉU EFICIÊNCIA
BOTAFOGO FR: pontos
2º CR Flamengo: pontos
3º CR Vasco da Gama: pontos
4º Escola Naval: pontos
5º Rema Campos: pontos

Pesquisa de Rui Moura (blogue Mundo Botafogo)

quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

Voz de Zatonio Lahud Neto

O técnico do Botafogo, Vagner Mancini, estava fazendo contas para ver como tirar o Botafogo da zona de rebaixamento, quando veio um oficial de justiça e penhorou a máquina de calcular que ele usava.” – Zatonio Lahud Neto, grande botafoguense.

Em casa de Carlos Eduardo

Carlos Eduardo Coelho Bueno

Vozes e opiniões com atualidade


Imagens gentilmente oferecidas por Gil Gomes.

A máfia russa, a pocilga dos boches e a ‘platineuropa’

Imagem: jornal Record

A Europa do futebol vai ou não arder?

Conforme o Mundo Botafogo denunciou, o roubo escandaloso de que foi alvo o Sporting, que nas palavras de um sportinguista os árbitros não são fracos, estão é muito bem orientados pelos poderosos; há muitos Platinis por essa Europa fora”, teve obviamente a influência de euros e a Europa do futebol manifestou-se de um modo inédito face a tão escandaloso assalto.

Será que o Sporting vai ser o rastilho de denúncias de corrupção com pagamento de luvas por resultados fabricados?

Peter Saunton, diretor da publicação irlandesa Goal.com, denuncia a ligação de patrocínio da empresa russa Gazprom à UEFA e ao Schalke 04, à qual se junta a nomeção do árbitro russo Sergei Karesev feita pela UEFA, apesar de haver dezenas de árbitros de outras nacionalidades que poderiam ser nomeados. “É evidente que houve dinheiro, condicionamentos dos árbitros. […] Um árbitro russo a apitar um jogo em que uma das equipes é patrocinada por uma das companhias com mais dinheiro no seu país…” – escreveu o portal transcrevendo declarações do médico Eduardo Barroso.

“Enquanto isso”, conclui Saunton, “o Sporting fica com um ponto em três jogos e parece condenado a ser eliminado, enquanto Schalke 04 e Chelsea, acidentalmente, também patrocinado pela Grazpom, assumem o controle do Grupo G”.

Imagem: jornal Record

Surpreendentemente, Horst Heldt, diretor de futebol do Schalke 04, não quis perder a oportunidade de entalar Platini, com quem se desentendeu devido ao presidente da UEFA afirmar que o sistema atual sem tecnologias de apoio está “muito bom”, condenou a arbitragem e ironizou Platini. Heldt manifestou-se solidário com o Soporting.

Os Leões já deram entrada de reclamação junto da UEFA e, segundo se sabe, exigem a indemnização de 500 mil euros ou a repetição do jogo. O presidente do Sporting é, na Europa, um dos maiores defensores da utilização de tecnologias de apoio à arbitragem, tendo participado recentemente numa grande conferência em Londres sobre a matéria.

Além da expulsão injusta do brasileiro Maurício, do 2º gol alemão ser precedido de impedimento e de não ter havido nenhum cartão amarelo para os alemães, o pênalti inexistente foi sinalizado ao juiz da partida pelo 4º árbitro, também russo, que estava a dois metros do lance e ‘viu’ uma bola que batera na cara do defesa sportinguista ser tirada com... a mão! Michel Platini, presidente da UEFA que nomeou uma equipe de russos para arbitrar um jogo em que uma empresa russa patrocina a UEFA e o Schalke, não ficará bem na fotografia.

O momento de fragilidade de Michel Platini é ideal para que os interessados em moralizar o futebol o aproveitem bem.

quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

A minha posição nas eleições presidenciais do Botafogo

Diz o provérbio que “só os burros é que não mudam”. Mudei de opinião após uma longa conversa de duas horas com pessoa bem colocada dentro do Botafogo, e que nada fez para eu mudar de opinião. Eu explico em que consiste essa mudança após refletir sobre a conversa havida, que tocou múltiplos pontos da vida do Glorioso.

Manifestei no blogue que seria neutro relativamente à preferência de qualquer candidato, mas dei-me a liberdade de me posicionar contra um dos candidatos: Thiago Alvim, que encabeça a lista Chapazul. Eu já preparara postagens em dias alternados apelando ao voto em qualquer candidato, exceto na Chapazul, não devido ao candidato em si, mas porque era apoiado por Carlos Augusto Montenegro, que elegeu todos os ex-presidentes depois dele e tais escolhas levaram-nos à situação em que nos encontramos agora.

Porém, face a novos dados que desconhecia decidi não apelar ao voto a favor ou contra qualquer lista. Considerei muito estranho que Bebeto de Freitas, o único presidente credível depois de Emil Pinheiro, apoiasse a lista Chapazul tendo em consideração que é a lista apoiada por Montenegro e que Montenegro boicotou e detonou constantemente o segundo mandato de Bebeto de Freitas, prestando-nos um péssimo serviço.

Continuo sem compreender o que é que Carlos Augusto Montenegro quer realmente ao insistir em mandar na política do Botafogo, mas compreendo os argumentos de Bebeto de Freitas para se posicionar a favor da candidatura Chapazul.

Não obstante prezar Bebeto de Freitas, não apoiarei nenhuma candidatura porque, na minha avaliação, nenhum dos candidatos se mostrou suficiente forte para as duras tarefas que a nova presidência irá enfrentar - desejando enganar-me relativamente ao presidente eleito. Na verdade, todas as listas cooperaram com a presidência de Maurício Assumpção ou com a presidência de Mauro Ney Palmeiro. Quanto a mim, não há novidade; não há frescura; não há nenhum candidato de peso com influência social suficiente para livrar o Botafogo do descrédito e da falência financeira inteiramente da responsabilidade de Maurício ‘NÓDOA’ Assumpção nos últimos seis anos de destruição maciça do Clube devido à sua profunda incompetência, leviandade, falta de caráter e desprezo por quem merece o nosso respeito, em particular os torcedores que são o nosso maior patrimônio e, em última análise, a razão de existência do Botafogo de Futebol e Regatas.

Em suma, não apoiarei nenhum candidato, apesar de ter consciência que um deles será presidente. Não molestarei nenhum deles e guardo-me o direito de neutralidade. Não tornarei a referir-me ao ato eleitoral, exceto se acontecer algo muito significativo que obrigue o Mundo Botafogo a reposicionar-se.

Mas para tornar mais leve esta minha declaração – que até parece uma coisa solene, cruz credo! – anexo um texto reproduzido do facebook, o qual comprova como o Botafogo tem torcedores meio loucos e meio engraçados, meio criativos e meio desconcertantes.

Não pretendo chegar a lado algum político com esse texto, apenas considero surpreendentes as conclusões do autor a partir das premissas lançadas. Peço, por isso, que não considerem o texto como qualquer indicação de voto, mas apenas como algo surpreendente que merece registro. Atrevi-me a corrigir erros ortográficos do texto, muito comuns na digitação na Internet. Creio que o autor é o presidente da interessante, animada e divertida torcida ‘Loucos pelo Botafogo’.

SOBRE O MONTENEGRO

por Rafael Mois Kastrup
Reprodução Facebook, 22.10.2014

Como opinião é igual a cú, resolvi dar a minha:

Como Botafoguense ativo, daqueles que briga pelo clube e que aprendeu a amar o Botafogo e a conhecê-lo, só tenho a admirar a figura do Montenegro e a agradecer pelo que fez pelo Botafogo em tantos anos de caminhada. Montenegro é o diabo quando nos convêm e o salvador na hora do aperto. Botafoguense, Pai, Avô, Bilionário, uma pessoa que não precisa do Botafogo para nada e ainda por isso um bicho parecido comigo, maluco ou louco, chamem como quiser, perde o tempo dele, que poderia desfrutar tomando uma água de coco ao lado de uma boa companhia, para ficar puto e com um humor não dos melhores quando o Botafogo perde.

Ué, Rafa, mudou de lado?

Não, sou honesto comigo mesmo, sou Botafogo, e quem ajuda o Botafogo vira meu amigo, porque assim como o Montenegro também amo esse clube. Hoje sou o presidente de uma das torcidas mais importantes do clube que, certamente, assim como o Montenegro, ficarão marcados na história do clube. Lembro do dia em que bati no Ibope e falei ao Montenegro: “Eu quero pintar o Engenhão nas cores do Botafogo e o Bebeto não deixa.” Aí veio a resposta: “o Bebeto é maluco, pinta essa porra logo!!!”

Além de pintar ainda me ajudou comprando o primeiro latão de tinta. Depois a torcida do Botafogo entrou na guerra e pintamos o entorno do estádio até achar que o Botafogo não fazia questão e que a qualquer hora tirariam nossos desenhos (o projeto irá voltar). Cansei de ter como doação a ajuda do Montenegro para alguns projetos da Loucos e sempre me recebeu bem e até de pijama na casa dele!!!

Como tudo que faço sempre, quis prestar contas, e o mesmo nem queria ver e falava: “EU CONFIO EM VOCÊ, TUDO QUE VOCÊS FAZEM É BOM”.

Quando o Russão morreu foi uma briga minha para velar o corpo do mesmo em General Severiano. Alguns vão lembrar, com ajuda de alguns aqui e também do Montenegro, que aos berros gritava:

– “Quanto é Rafa, para trazer o corpo?” – “É R$300,00.” – “Trás ele.” – E assim foi feito, sem contar que no dia do falecimento a primeira pessoa que liguei foi para ele, dando a notícia e pedindo para que a bandeira ficasse a meio mastro.

Montenegro, você tem a admiração de um cara que não tem o seu dinheiro, que não frequenta os mesmo lugares que você, mas que tira o chapéu para você e o reconheço como um louco igual a mim, e igualmente a mim você também é criticado. Isso faz parte de quem BOTA PRA F….!!! [obscenidade censurada pelo Mundo Botafogo]

Após dar meu depoimento ainda teremos tempo para conversar sentados numa mesa, porque fui a primeira pessoa que teve a coragem de dizer para você que as coisas não estavam bem no Botafogo e, dentro do Ibope, mandar o infeliz e atual mandatário TOMAR NO C.. Talvez seja por isso que você gosta de mim, porque sou de verdade e não tenho preço. Se tiver que falar sabe que eu falo mesmo e se tiver que elogiar eu falo isso no microfone. Portanto, irmão, que Deus te dê muita saúde para CONTINUAR LUTANDO PELO FOGÃO e, para variar, A PORRA DO MODELO QUE VOCÊ PREGA ESTÁ ERRADO E É POR ISSO QUE ESTAMOS EM LADOS DIFERENTES. ISSO PARA AS PESSOAS É DIFICIL ENTENDER, MAS OLHANDO PRA VOCÊ, SEI QUE ME ENTENDE!!!

TODO CLUBE TEM UMA TORCIDA, SÓ O BOTAFOGO TEM A LOUCOS. SOU CHAPA CINZA, SOU RENOVAÇÃO, CERTO QUE NOSSOS CAMINHOS NOS LEVAM SEMPRE A BUSCAR O MELHOR PARA O CLUBE. VAMOS EM FRENTE, BOA SORTE!!

Então, caro leitor, valeu a pena, ou não, ler o texto do Rafa?

Botafogo 0x2 Maurício Assumpção

FICHA TÉCNICA
Botafogo 0x2 Coritiba
» Gols: Joel, aos 29 e Alex, aos 87’
» Competição: Campeonato Brasileiro
» Data: 22 de outubro de 2014
» Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
» Árbitro: Anderson Daronco (RS); Auxiliares: Jose Antônio Chaves Franco Filho (RS) e José Javel Silveira (RS)
» Disciplina: cartão amarelo: Ramírez, Airton e Rogério (Botafogo); Joel e Lucas Claro (Coritiba); cartão vermelho: Airton (Botafogo)
» Botafogo: Jefferson, Régis, Dankler, André Bahia e Júnior César; Airton, Gabriel e Ramirez (Murilo); Jobson (Carlos Alberto), Wallyson (Yuri Mamute) e Rogério. Técnico: Vagner Mancini.
» Coritiba: Vanderlei; Norberto, Lucas Claro, Leandro Almeida e Carlinhos; Sérgio Manoel, Rosinei, Robinho (Elber) e Alex; Joel (Gil) e Zé Love (Martinuccio). Técnico: Marquinho Santos.